quinta-feira, 23 de outubro de 2008

A Bolacha


Quando fui de férias em Agosto ia um bocado em baixo. Cansada com falta de sono, enfim, quase a dar o berro. A Rita estava irritada, os dentinhos estavam a começar a nascer, não conseguia adormecê-la, não comia bem. Uma manhã a minha mãe ofereceu-se para a levar para Portimão para eu poder dormir amanhã. Nem pensei duas vezes, fiz-lhe a malinha, dei-lhe o pequeno almoço às 8 da manhã e siga.
Ao meio dia fui para Portimão ter com elas.Quando cheguei a pequenita estava com o pessoal do cabeleireiro que fica ao lado da loja da minha mãe. Assim que entrei vi a Rita a choramingar. Perguntei: - então? Que se passa?
Resposta logo: -A moçinha está cheia de fome, coitadinha, dei-lhe uma bolacha, mas ela não sabe o que é uma bolacha!
Pá! Não sabe o que é uma bolacha? Pois não, nunca lhe dei uma. Só come purés e Leite.
- Pois, eu não lhe costumo dar bolacha, também comeu às 8, é natural que ao meio dia tenha fome. já devia ter almoçado.
- O quê? Tu não dás nada à menina para comer depois do pequeno almoço? Devia comer de duas em duas horas.
E lá me fui eu embora dar o almoço ao rabanete depois desta reprimenda. Como andava em baixo pensei logo que andava a matar a criança à fome. A minha filha não sabia o que era uma bolacha! Que raio de mãe sou eu.
Depois de dormir mais umas manhãs lá cheguei à conclusão que o rabanete tinha tempo para conhecer bolachas e que comer de 2 em 2 horas era talvez excesso de zelo. Come de 3 em 3 como sempre tem sido.
Algum tempo depois, já de volta a casa, fui com ela ao centro de saúde para ser pesada. Fiquei 2 horas à espera e de novo o rabanete gritava de fome. A enfermeira deu-lhe uma bolacha e claro, ela ficou a olhar para a bolacha. Diz a enfermeira - voçê não lhe dá bolacha??
É sina minha???
Não não dei ainda bolacha.
Pronto, lá fui comprar bolachas da Triunfo própria para crianças. Uma tarde, para a distrair antes do lanche, dei-lhe uma bolacha. Não é que a criatura enfia a bolacha na boca e parte um pedaço grande demais e sufoca??? Virei-a de cabeça para baixo e lá lhe dei umas palmadas nas costas, ela cospe a bolacha e eu fico sentada no chão quase a morrer de susto. Mau Karma o meu com as bolachas.
Hoje come bolacha maria que é mais segura, come como se tivesse nascido com uma bolacha na mão, come banana aos pedaços, não gosta dela esmigalhada. Come tudo, come bem, não está anafada e tenho que ter cuidado porque se apanha um chocolate, gelado, comida de gente grande, ela papa também. Suspeito que é gulosa.

14 comentários:

maedarita disse...

Raras vezes dei bolachas à minha e ela também não aprecia... Acho que têm tempo de descobrir essas coisas doces. Aqui houve quem se espantasse por a mim comer pão sem nada. O pediatra preveniu-me contra as bolachas ditas «para bebés» por serem perigosas, imagino o teu susto...Os adultos é que devem comer a cada duas horas, as crianças não. A minha come com intervalos de 3 ou 4, não te acho nada desnaturada... Beijinhos, ainda bem que estão bem! Mj

Mãe da Tiz disse...

Ai que saudades que tinha de vos ler ;)
É bom saber que a Rita continua linda e simpática! Comecei por dar umas bolachas da milupa (a minha primeira bolacha)que se desfazem melhor na boca, depois passei para as maria que foram sempre as preferidas dela.
O engasgar é normal, faz parte do processo de aprender a engolir, mas apanhamos com cada cagaço!!!

A mamã biscoito é minha cunhada e vou dizer-lhe que queres "falar" com ela ;)

Vê lá se não desapareçes outra vez ;)

beijocas***

aNa disse...

Que SUSTO!!
Ainda bem que já come bem as bolachas, nós ainda agora começamos as sopas!!
Ainda bem que a Rita cresce bem e que tem apetite!! :)
Muitos beijinhos e continuamos a aguardar mais noticias!! ;)*

persiana disse...

Re-bem-vinda!!!
Tens andado fugida!!!
Eu tb dei bolachas bem mais tarde do que é "normal"... e passei a faze-lo pq na creche já lhe tinham oferecido (sem eu saber) e ele aceitou bem... agora come 1 a 2 bolachas (Maria ou Torrada) por dia!
Beijokas

Dunga disse...

Eu costumo dar mais pão à Victória, e menos bolachas, mas qd dou tb prefiro as tradicionais Maria (ou Torrada). E a minha filha tb só come de 3 em 3 horas, e está muito bem assim; não vejo qual é a necessidade de lhe estar a encher o estômago com "gulodices" para depois chegar à refeição e não comer como deve ser!! E a pediatra assina por baixo!...Ah, já agora...já tinha saudades tuas, 'miga! Beijinhos grandes.

NiNa disse...

Hello!!!

Tb apanhei alguns sustos com as bolachas, ñ com a Matilde mas sim com a Gabriela.

A Matilde come bolacha desde os 6 meses, começou pelas de bebé e passou logo para as Maria, o que é certo é que, felizmente, nunca se engasgou. Ela ñ se engasga com nada, enquanto a Gabriela tinha de estar sempre em alerta.

Em relação à comida a meio da manhã, a Matilde mama entre as 6 e as 7 da manhã, por isso por volta das 9 ou 10 horas come um iogurte e almoça às 12:30h. ;)))

Já tinha saudades vossas!!!

Bjos

Sofia, Pedro e Joana disse...

Ah, pois é, eu também acho que a Joana é gulosa!E muito :-)
Beijinhos,Sofia,Pedro e Joana

A mamã do Biscoitinho disse...

Olá minha linda! Já tinha saudades de ter notícias tuas!!! Quando puderes manda-me o teu mail para lauramartins.sres@gov-madeira.pt para te adicionar ao meu blog, sim?

Beijinho muito grande para ti e para a tua pequenina linda!

A mamã do Biscoitinho disse...

Não desistas da bolachinha, eles acabam por saber se defender... O Lourenço não é muito adepto da bolacha Maria, mas gosta das bolachinhas da milupa porque são muito tenrinhas e amolecem bem na boca. Mas o que ele adora mesmo é pão. No início, tinha medo de dar um bocadinho de pão para a mão para ver se conseguia comer sozinho, então dava-lhe migalhas na boquinha e aos poucos cada vez maior até ele ser capaz de comer sozinho. Hoje, quando tem um bocado grande na boca fica a olhar para mim como quem diz: "mamã, e agora?". E quanto ao comer de duas em duas horas acho que é mito :) O Lourenço come de quatro em quatro horas, é a maneira de comer tudinho nas refeições. Só lá de vez em quando, quando estamos num restaurante ou algo assim dou qualquer coisa para ele ir se distraindo a comer... Deixa-te guiar pelo teu instinto, normalmente não engana!

Beijinho grande!

Family Space - Liliana disse...

É com imenso prazer que o 'Family Space' te convida a visitar um novo blog...
Poderás pertencer a esta nova comunidade blogueira onde ficarás com acesso às informações que aqui iremos disponiblizar, duvidas/respostas entre muitas outras coisas...
Para além do mais teremos muito gosto que participes activamente neste blog com todo o tipo de interesses para toda a nossa comunidade e alguma questao que te preocupe...
Temos tambem um email e um hi5 ( a consultar no blog), e têm também o nosso contacto, que é para lá que podera mandar todas as sugestões, criticas e opiniões para que este blog seja algo que ajude todos/as aquelas que decidam criar uma grande familia...


Esperando que sejas uma presença activa no nosso espaço e a tua divulgação
Family Space

http://family--space.blogspot.com/

Vânia disse...

lol, é mesmo karma!!!:)
Mas o que interessa é que ela se alimente bem!!!e pelso vistos iso acontece!!!:)

jinhos,

Sofia disse...

sempre tive muito medo das engasgadelas, e por isso acho que ate fui cautelosa demais com a fruta crua ou as bolachas.

eu acho que de 3 em 3 horas esta optimo... nao precisam de mais que isso, foi o que me disse sempre o pediatra. e como a alice nasceu muito grande, desde o inicio que fizeram muita questao que ela entrasse nas curvas ditas 'normais' e por isso tive mais cuidado com as horas das refeicoes.

bjs pa gulosa da rita e para ti tambem!

Vera - agarraavida.blogspot.com disse...

Parabéns pelos 11 meses da Rita. Começamos hoje a xontagem decrescente não é?
Beijinhos grandes.

mystazul disse...

Um beijo para as duas da Maria Bolacha ***